Artigos, Maquinações

TENHO TRANSTORNO DE ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO?

Transtorno de Estresse Pós-Traumático: Uma definição

O Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) é um transtorno de ansiedade que se desenvolve após um evento traumático (ou uma série de eventos traumáticos).

O TEPT pode ter diferentes níveis de gravidade e duração. Pode atrapalhar significativamente o dia a dia de uma pessoa e seus sintomas podem durar pouco tempo ou persistir por anos.

Vale dizer, também, que outros transtornos podem estar associados ao TEPT, como o transtorno do pânico.

O que significa ter Transtorno do Estresse Pós-Traumático?

Ter TEPT significa conviver com a ansiedade, em estado de constante vigilância, como se algo ruim sempre estivesse prestes a acontecer.

Trauma é um acontecimento que provoca uma reação psicológica cuja intensidade excede a capacidade de assimilação / elaboração do sujeito. Logo, não há um critério objetivo para definir trauma. Algo que seria banal para um pode ser traumático para outro.

Podem ser traumáticas experiências de guerra, acidentes ou desastres naturais. Mas também um divórcio, uma mudança de cidade, um relacionamento abusivo, a perda de um ente querido etc.

Sintomas de TEPT

Os sintomas do TEPT abrangem uma ampla gama de experiências e comportamentos, que incluem hipervigilância, dificuldade para comer e dormir, comportamento autodestrutivo, flashbacks do evento traumático, medo e evitação de lugares e situações associados ao trauma, alterações cognitivas e de humor (irritabilidade, perda do interesse por atividades antes apreciadas, pensamentos negativos sobre si mesmo e o mundo).

estresse pós-traumático

Um questionário de TEPT

Existem diversos questionários e avaliações de TEPT que podem servir como primeira compreensão para pessoas que suspeitam ter a condição. A seguir, apresento um roteiro de perguntas com o objetivo de guiá-lo nesse autoexame. Este roteiro é adaptação de uma proposta do portal de aconselhamento psicológico betterhelp.com.

É importante ressaltar que essa autoavaliação não substitui o diagnóstico de um profissional de saúde mental.

A primeira pergunta para tentar determinar se você está experimentando o TEPT é: “Você já experimentou algo em sua vida que causou intenso estresse, dor ou medo?” Embora existam casos em que o trauma ocorre sem ser percebido, o mais comum é que as pessoas saibam e entendam que algo significativo aconteceu.

Em seguida, você pode se perguntar: “Você já reviveu essa experiência, mental ou fisicamente?” No TEPT, flashbacks são comuns. Longe de ser um simples flash de memória, um flashback transporta a pessoa de volta ao trauma de modo tão intenso que é possível sentir cheiros, sabores, ouvir ou ver coisas associadas à situação. Flashbacks são angustiantes e podem exacerbar a ansiedade existente. Evitar o local onde ocorreu o trauma ou qualquer coisa relacionada a ele também pode indicar TEPT.

Então, pense: “Você experimentou mudanças significativas em sua vida após o evento já mencionado?” Esta é uma resposta importante, pois pode ajudar a determinar a diferença entre um luto ou uma memória desagradável e o TEPT. O trauma altera a forma como seu cérebro funciona e o modo como você caminha pela vida significativamente.

Se sua resposta a alguma das perguntas acima for “sim”, é importante procurar ajuda profissional. Se você não respondeu “sim” a nenhuma das perguntas, parece que o TEPT está descartado. Ainda assim, pode haver outro transtorno psicológico em jogo.

RECADO PARA VOCÊ

A pandemia tem afetado o bem-estar de quase todas as pessoas.

Muitas estão ansiosas, estressadas ou assustadas, constantemente pensando no que pode dar errado.

Estudiosos preveem que isso deve trazer consequências negativas até muito tempo depois que a pandemia terminar.

Portanto, se você não estiver se sentindo bem, procure ajuda.

Se preferir, clique no botão do WhatsApp abaixo e fale diretamente comigo.


VEJA TAMBÉM


https://rgpsicologia.com

Deixe uma resposta