Artigos

COMO AS MÁSCARAS AFETAM AS PRIMEIRAS IMPRESSÕES EM UM ENCONTRO ROMÂNTICO?

MÁSCARA E ENCONTRO ROMÂNTICO

MÁSCARA

Sim, as máscaras escondem características faciais importantes, especialmente quando usadas corretamente, cobrindo a boca e o nariz.

Mas, lembre-se: às vezes, “menos é mais”.

Isso é especialmente verdade quando ainda podemos ver os olhos uns dos outros, tão significativas e expressivas “janelas para a alma”.

De acordo com recente pesquisa, embora as máscaras possam diminuir as pistas faciais e dificultar nossa capacidade de ler emoções, este contato visual pode aumentar o compartilhamento de informações pessoais, o que leva ao desenvolvimento saudável do relacionamento.

MÁSCARA

INTERPRETANDO EMOÇÕES

Mathias Schlögl e Christopher A. Jones, em artigo sobre comunicação na pandemia, intitulado “Mantendo nossa humanidade através da máscara” (2020), reconhecem que a comunicação não-verbal é tão importante quanto a comunicação verbal, e que o uso massivo de máscaras tornou a comunicação não-verbal mais difícil [i].

Gabrielle H. Saunders et al., em “Impacts of Face Coverings on Communication” (2020), observa que as máscaras alteram a transmissão do som, removem sinais de leitura labial e diminuem a visibilidade das expressões faciais [ii]. Porém, embora sugiram que a máscara limite nossa capacidade de perceber expressões como felicidade e nojo, percebem que ela tem menos impacto na capacidade de reconhecer surpresa, raiva e medo.

Hollyanna Marler e Annabel Ditton, em “Estou Sorrindo De Volta para Você” (2020), observam que, em um ambiente de cuidados de saúde, o uso de máscaras diminui a percepção do paciente sobre a empatia médica, atenção, inteligência emocional e habilidades interpessoais [iii]. Mas também reconhecem que o foco em pistas expressivas vindas da boca, em comparação com os olhos, depende de uma variedade de fatores, como a cultura.

Emmelyn A.J. Croes et al., em “O Papel do Contato Visual no Desenvolvimento da Atração Romântica” (2020), investigaram como o contato visual desempenha um papel no desenvolvimento da atração romântica [iv]. Embora não tenham encontrado impacto direto do contato visual na atração romântica, descobriram que havia um maior número de auto afirmações íntimas feitas em condições de contato visual, embora houvesse menos perguntas íntimas. Ou seja, o contato visual resultou em menos comportamento de busca de informações, mas mais compartilhamento de informações pessoais.

Como o compartilhamento de informações é parte do desenvolvimento de relacionamentos amorosos, encontros em que os participantes usam máscaras podem ser uma oportunidade para que os parceiros se conheçam e construam intimidade, o que é mais provável que leve a relacionamentos satisfatórios e saudáveis.

Referências

[i] Schlögl,Mathias e Christopher A. Jones. 2020. “Mantendo nossa humanidade através da máscara:  Comunicação Consciente durante o COVID‐19.” Journal  of  the  American  Geriatrics Society 68 (5): E12-13. doi:10.1111/jgs.16488.

[ii] Saunders, Gabrielle H., Iain R. Jackson e Anisa S. Visram. 2020. “Impactos das Coberturas Faciais na Comunicação: Um Impacto Indireto do Covid-19.” International Journal of Audiology,  Novembro. doi:10.1080/14992027.2020.1851401.

[iii] Marler, Hollyanna e Annabel Ditton. 2020. “Estou sorrindo de volta para você: Explorando o impacto do uso de máscaras na comunicação na saúde.” International Journal of Language & Communication Disorders, Outubro.doi:10.1111/1460-6984.12578.

[iv] Croes,  Emmelyn  A. J.,  Marjolijn  L. Antheunis, Alexander P. Schouten  e  Emiel  J. Krahmer. 2020. “O Papel do Contato Visual no Desenvolvimento da Atração Romântica: Estudar Estratégias Interativas de Redução da Incerteza durante o Speed-Dating.” Computadores em Comportamento Humano 105 (abril). doi:10.1016/j.chb.2019.106218.


VEJA TAMBÉM

https://rgpsicologia.com/


ENTRE EM CONTATO AGORA!

Deixe uma resposta