Artigos

Atenção seletiva: como manter o foco em um mundo de distrações?

Palavras-chave: atenção seletiva; tipos de atenção; concentração; foco; multitarefa

Por Psicólogo Rodrigo Giannangelo | Publicado em 07 de julho de 2022


Nossa atenção está desfocada. O mundo hoje é um caos de estímulos que brigam pelo nosso interesse. Cada vez mais, é difícil desenvolver a chamada atenção seletiva (ou focalizada), ou seja, perceber o que acontece ao nosso redor e decidir o que merece nossa atenção.

atenção seletiva

Sua atenção seletiva é um recurso precioso

Em 2002, um monge estadunidense chamado Bernard McCoy notou que o cartucho de tinta da impressora do mosteiro havia secado. Preocupado com o alto preço do insumo, McCoy pesquisou por um tempo e descobriu que seria fácil obter o pigmento diretamente da fábrica e encher os cartuchos ele mesmo. Aos poucos, ele começou a fazer a mesma coisa para pessoas próximas, até que, finalmente, abriu um negócio de recarga de cartuchos de tinta. A empresa, LaserMonks Inc. (monk = monge, em inglês), produziu rapidamente centenas de milhares de dólares para as obras assistenciais do mosteiro.

A resolução de problemas é importante, mas descobrir problemas é um talento ainda mais valioso. Quando você descobre um problema, você cria a oportunidade de propor solução a algo que ninguém ainda havia detectado como dificuldade. Provavelmente, não foi coincidência o fato de McCoy ser monge; ele estava acostumado a desconsiderar distrações externas e usar sua atenção seletiva para maior concentração. Ou seja, a habilidade de ignorar o barulho do mundo moderno o ajudou a prosperar.

A concentração é um de nossos bens pessoais mais poderosos, mas a maioria de nós está ocupada desperdiçando-a em estímulos irrelevantes.

Quanto tempo você dedica diária ou semanalmente a memes, vídeos aleatórios e rolagem de feed em redes sociais sem objetivo específico?

Com foco, você faz mais coisas interessantes, e as faz melhor.

Atenção seletiva: concentre-se onde você é mais produtivo

A atenção seletiva é a chave para a concentração; é preciso autodisciplina para ignorar o barulho e olhar apenas o que é relevante. Por exemplo, resolvemos problemas todos os dias, mas não percebemos que alguns deles podem ser especialmente significativos, como conseguiu McCoy. Resolver um microproblema pode levar a uma macro solução, e atenção seletiva é a atitude que permite enxergar oportunidades nos detalhes que outros perderam.

Concentre-se naquilo em que você pode ser mais eficaz e no que você pode controlar. A habilidade de decidir para onde ir é seu principal trunfo. Aprender a dizer ‘não’ a muitas coisas é fundamental para que você possa dizer ‘sim’ para o que é, de fato, essencial.

Vale a pena se concentrar em grandes e poucos objetivos

A ideia de que, no futuro, o mundo seria habitado por um ser humano multitarefas é, cada vez mais, invalidada pela pesquisa científica. O experimentos mais recentes na área mostram que, na melhor das hipóteses, a execução simultânea de tarefas provoca um alto preço cognitivo: um número expressivamente maior de erros e um tempo de execução maior, em relação à situação de focar em uma tarefa de cada vez. Um aspecto irônico: as pessoas que se acham mais eficazes em desempenhar multitarefas simultâneas costumam ter os piores desempenhos nesses testes.

Evitando as distrações

A atenção seletiva pode ser exercitada e desenvolvida. Tente remover da sua atenção aquilo que o distrai de produzir algo relevante.

Ao contrário do que mostram alguns modelos estereotipados, pessoas bem-sucedidas não estão sempre fazendo várias coisas ao mesmo tempo, falando ao telefone, correndo de um lado para outro, entrando e saindo de reuniões. Elas estão focadas no que realmente interessa.

Algumas pessoas precisam parecer ocupadas, porque querem que as outras pensem que são mais ativos e têm mais sucesso em seus projetos. Isso talvez faça com que se sintam emocionalmente satisfeitos, mas não os ajuda a alcançar objetivos. A atenção seletiva é necessária para guiar seus passos em direção ao que é importante.

Referência

Judkins, Rod Make Brilliant Work: Lessons on Creativity, Innovation, and Success, Pan Macmillan, 2022.


RECADO PARA VOCÊ

O mundo pós pandemia tem afetado o bem-estar de muitas pessoas. Ansiedade, estresse, medo – acontece com você?

Se não estiver se sentindo bem, procure ajuda.

Clique no botão abaixo e fale comigo.


https://rgpsicologia.com/

Deixe uma resposta