Artigos

Stalkear o ex: por que você persiste no que lhe faz mal

Palavras-chave: stalkear o ex; stalker; redes sociais; relacionamentos

Por Psicólogo Rodrigo Giannangelo | Publicado em 25 de agosto de 2022


A maioria das pessoas provavelmente conhece a dor de lidar com o término de um relacionamento. Juntamente ao luto pela perda da relação, há a perda das esperanças em um futuro com essa pessoa e nos sonhos que compartilharam.

Um término pode despertar o medo de ficar sozinho e nunca mais encontrar alguém para amar. Também pode fazer você se questionar e trazer à tona o luto de perdas anteriores.

Quanto mais recente e intensa a dor, maior o desejo de cessá-la.

Nesse sentido, continuar a visitar as redes sociais do seu ex pode trazer a (falsa) sensação de controle sobre ele. Pode até fornecer um alívio temporário. Porém, também pode prolongar o processo de luto e servir como um lembrete doloroso do que você perdeu.

stalkear o ex

A ciência contraindica stalkear o ex…

Uma pesquisa apontou que manter o controle sobre a atividade de redes sociais de um ex-parceiro pode aumentar a angústia associada ao rompimento e aumentar a dificuldade em superá-lo.

O estudo descobriu que os participantes que ainda eram amigos de um ex no Facebook e/ou monitoravam seu perfil eram mais propensos a experimentar angústia e saudade do ex. De modo oposto, participantes que não eram mais amigos nem acompanhavam o perfil no Facebook tinham menor chance de desenvolver esses sentimentos.

Apoiando essa mesma compreensão, outro estudo já havia descoberto que, quando os participantes olhavam fotos de seus ex-parceiros, foram ativadas no cérebro as mesmas áreas envolvidas na sensação de dor física.

Por que você continua a stalkear o ex

Quando um término acontece, é comum que algumas pessoas sintam vontade de verificar as redes sociais / stalkear o ex.

Mas, se você tem dificuldade em parar, reflita se alguma dessas razões desempenha um papel:

1. Você está se distraindo do sofrimento

Talvez você perceba que stalkear o ex com certa frequência lhe distrai das emoções negativas que ainda não expressou ou processou.

Porém, ao não se permitir experimentar a dor que existe, você prolonga o processo de cura.

2. As redes sociais lhe ajudam a se sentir conectado ao seu ex

Com o término, você se afasta (e, eventualmente, perde contato) com alguém que era parte importante da sua vida. Essa realidade exige de você uma adaptação que pode levar tempo. Enquanto não acontece, você pode achar reconfortante acompanhar o desenrolar da vida dessa pessoa através das redes sociais.

Ver as fotos e os vídeos mais recentes pode inicialmente trazer esse consolo. Mas, no final das contas, acaba por levar a sentimentos de ciúme, impacta negativamente seu humor e prolonga a dificuldade em superar.

3. Você se sente confuso sobre o término e está buscando respostas

Quando um término é inesperado ou indesejado, deixa muitas perguntas sem resposta. Nesse momento, você percebe que stalkear o ex pode ajudar a obter pistas que expliquem o que aconteceu. Por exemplo, pode ajudar a saber se ele está saindo com outra pessoa.

De fato, as redes sociais costumam expressar apenas aquilo que alguém quer apresentar ao mundo. Portanto, podem não ser representativas da vida real – de como alguém está deprimido, triste ou chateado, ou das dificuldades com que está lidando. Ou seja, stalkear o ex tende a criar a falsa impressão de que ele está bem, e já esqueceu ou superou a relação de vocês.

Com isso, seu mal-estar é intensificado e fica mais difícil superar.

4. Você quer saber qual dos dois está melhor

Términos podem fazer você questionar tudo, até mesmo a sinceridade dos sentimentos do seu ex durante a relação de vocês. Se o término é recente e você está sofrendo, é comum esperar que ele esteja sofrendo também.

O problema é que essa resposta não será encontrada nas redes sociais. Por exemplo, ele pode estar postando registros de baladas incríveis aos finais de semana, mas se sentindo péssimo na vida real. Ele pode estar lidando com a fragilidade tentando se mostrar forte nas redes sociais. Comparar sua situação com os ‘melhores momentos’ das redes sociais do seu ex pode contribuir para uma percepção negativa sobre si mesmo e exacerbar seus sentimentos dolorosos.

5. Você tem esperança de se reconciliar

Se você está vendo o rompimento como um revés temporário e tem esperança de que vão se reconciliar, manter controle sobre as redes sociais do seu ex pode dar uma sensação de segurança. Afinal, sem as redes sociais, você teria que encarar que essa pessoa não faz mais parte do seu cotidiano e não está mais conectada a você.

Referências (Stalkear o ex)

Kross, E., Berman, M. G., Mischel, W., Smith, E. E., & Wager, T. D. (2011). Social rejection shares somatosensory representations with physical pain. Proceedings of the National Academy of Sciences, 108(15), 6270–6275.

Marshall, T. C. (2012). Facebook Surveillance of Former Romantic Partners: Associations with PostBreakup Recovery and Personal Growth. Cyberpsychology, Behavior, and Social Networking, 15(10), 521–526.


RECADO PARA VOCÊ

O mundo pós pandemia tem afetado o bem-estar de muitas pessoas. Ansiedade, estresse, medo – acontece com você?

Se não estiver se sentindo bem, procure ajuda.

Clique no botão abaixo e fale com um especialista.


https://rgpsicologia.com/

Deixe uma resposta