Artigos

Narcisistas dão presentes estranhos – já recebeu algum?

Palavras-chave: narcisistas; presentes; personalidade narcísica

Por Psicólogo Rodrigo Giannangelo | Publicado em 10 de setembro de 2022


Para um narcisista, tudo é “sobre ele” – até mesmo presentear alguém. Junto com o presente vai sempre uma mensagem implícita, visando manipular o presenteado ou obter algum benefício pessoal.

Quando ouvimos histórias de pessoas que convivem com narcisistas, é surpreendente a frequência com que os presentes são mencionados. Dar presentes é um disfarce quase perfeito, que permite ao narcisista punir ou manipular, sem ser acusado por isso – afinal, quem veria má intenção em um gesto tão inocente como… dar um presente!?

Depois de diversas experiências clínicas com famílias com membros narcisistas, tenho algumas observações sobre as principais razões subjacentes aos presentes dos narcisistas.

Narcisistas

Narcisistas mostram superioridade ou posição social

Narcisistas gostam de dar presentes de marcas conhecidas por serem caras, e se certificam de que o destinatário tenha ciência disso. Podem fazer isso sem saber se o destinatário gosta daquela marca, inclusive (ou pior, sabendo que não gosta…).

De fato, o destinatário do presente não é a parte mais importante da situação. Ao contrário, o importante é que o narcisista mostre que é superior porque conhece “o que é bom” e pode pagar por isso. As chances de que isso aconteça aumentam se houver uma audiência no momento da abertura do presente, como amigo secreto, Natal, aniversário, chá de bebê etc.

Narcisistas chamam a atenção para si

Narcisistas costumam dar presentes para chamar a atenção. Mais uma vez, uma plateia é fundamental para que essa intenção se realize. Um presente bastante comum nessa categoria é algo que tenha sido feito pelo próprio narcisista – uma pintura, um desenho, um poema, um artefato.

Espera-se que o gesto de ofertar um presente feito à mão seja demonstração de carinho – e possivelmente é, na maioria das vezes. A diferença é que o narcisista fará isso pela admiração que provocará nas pessoas.

Narcisistas fazem muito barulho sobre a aquisição do presente

Pode ser qualquer tipo de presente. Quando for aberto, o narcisista fará um discurso sobre:

– como foi difícil conseguir (“tive que ir a cinco lojas para encontrar o que eu queria!”);

– como foi difícil decidir qual seria o presente perfeito;

– que eles têm um igual e isso lhes rende muitos elogios.

Narcisistas te dão algo de que gostam

Isso é comum entre crianças; em menor frequência, entre casais; e entre narcisistas.

A pessoa assume que o destinatário não vai querer o presente, ou, ao menos, não vai se importar em… devolver o presente. “Se você não quiser, eu fico com ele” – dirá o narcisista. Ele pode oferecer ao destinatário outra coisa para substituir o presente.

Narcisistas mostram que você não é importante

Se não tiver intenção de atrair as atenções para si, o narcisista pode simplesmente não gostar da ideia de gastar seu dinheiro ou tempo com outra pessoa. Então, pode dar um presente que quase não lhe custou tempo ou dinheiro. Por exemplo, pode manter um estoque de presentes genéricos para que sempre tenha algo para dar, sem ter que colocar esforço nisso. Ou apenas repassar presentes que ganhou anteriormente e não gostou.

Narcisistas tentam atacar você

A doação de presentes é uma grande oportunidade para o narcisista embaraçar e constranger. Incluídos nessa categoria estão presentes:

– De tamanho muito obviamente errado;

– De cores ou estampas claramente inadequadas para o estilo do presentado;

– Inúteis (luvas e cachecol para alguém que vive em Manaus);

– Insultantes (um vale-academia para alguém que está acima do peso);

– Que o presentado já disse que não queria ou não gostava;

– Que vão contra crenças do presenteado (um terço para um evangélico).

Um ótimo exemplo

Como disse antes, já tive algumas experiências com famílias que têm ao menos um membro narcisista. Portanto, coleciono exemplos de presentes de diversas dessas categorias. Um deles é memorável:

Um marido narcisista presenteava sua esposa com peças de arte todos os Natais, por vários anos. Ela nunca tinha expressado qualquer interesse em relação a esse tipo de objeto, mas passou a gostar. A esposa apenas achava as peças bonitas. Quando se divorciaram, ele queria colocar os presentes na divisão de bens. Em uma audiência, chegou a dizer: “Eu sei que você nunca quis nada disso”. Ou seja, ele sabia que o presente não agradava, mas persistia porque mostrava sua condição financeira privilegiada.


RECADO PARA VOCÊ

O mundo pós pandemia tem afetado o bem-estar de muitas pessoas. Ansiedade, estresse, medo – acontece com você?

Se não estiver se sentindo bem, procure ajuda.

Clique no botão abaixo e fale com um especialista.


https://rgpsicologia.com/

Deixe uma resposta