Artigos

INTROVERTIDOS MANTÉM MELHOR SAÚDE MENTAL DURANTE A PANDEMIA

Atenção, introvertidos: novo estudo examina como traços de personalidade podem influenciar a resiliência Nova pesquisa sugere que pessoas extrovertidas ficaram mais mal-humoradas durante a pandemia, enquanto os introvertidos estiveram ligeiramente mais bem-humorados que o habitual.A piora no humor foi mais intensa para pessoas com menos características neuróticas em relação às pessoas com mais traços neuróticos.… Continuar lendo INTROVERTIDOS MANTÉM MELHOR SAÚDE MENTAL DURANTE A PANDEMIA

Artigos, Maquinações

FOBIA SOCIAL: QUANDO A TIMIDEZ É PARTE DE UM PROBLEMA MAIOR

Apesar do incômodo envolvido na interação social, pessoas tímidas podem aprender a conviver relativamente bem com suas características e, inclusive, usá-las a seu favor em determinados contextos (quem nunca quis ter uma boa desculpa para fugir de certas “roubadas” sociais?). No entanto, como tudo que se refere aos modos de ser humanos, dizer apenas que alguém é tímido pode não significar muito. Há muitas formas de ser tímido, há muitos níveis possíveis de timidez. Quando o desconforto se aplica a um amplo espectro das situações de vida do sujeito, a ansiedade social é capaz de paralisá-lo na execução de suas tarefas cotidianas e uma importante carga de sofrimento resulta desse quadro, é possível que estejamos diante de uma fobia social.

Artigos, Maquinações

CONHEÇA 14 SINAIS DE QUE VOCÊ É UMA PESSOA INTROVERTIDA

A aproximação entre os conceitos de “timidez” e “introversão” é frequente, mas não ajuda as pessoas a se conhecerem e compreenderem melhor. Por isso, é importante a diferenciação. A introversão é uma característica de personalidade. Pessoas introvertidas são reservadas e reflexivas, e obtém satisfação em conviver com seu mundo interno, muitas vezes em detrimento do externo. Frequentemente, são vistas e descritas pelas demais como ensimesmadas, ou seja, voltadas para dentro de si mesmas. Já a timidez envolve medo, incômodo em situações de interação social.